VOCÊ ESTÁ NO EDITORIAL SÃO PAULO
 :: Acesse SASP/SANTOS
 :: Abre-Alas
 :: Login
 :: Informativo ::::::::::
 :: Notícias
 :: Itinerário do Samba
 :: Rádio
 :: Sintonia SASP
 :: TuneIn
 :: Carnaval 2015 ::::::::::
 :: Geral
 :: Participe ::::::::::::::::
 :: Bolão 2014
 :: Album
 :: Botequim
 :: Enquetes
 :: Sambas históricos
 :: Torcida
 :: Saspeanos
 :: Agremiações ::::::::::
 :: Escolas de Samba
 :: Blocos
 :: Pholia
 :: Afoxés
 :: Bandas
 :: Acervo ::::::::::::::
 :: Pesquisa
 :: Carnavais
 :: Sambas-de-enredo
 :: Tudo que cai, volta !
 :: Ranking Especial
 :: Prêmios
 :: Discografia
 :: Sasp ::::::::::::::
 :: Prêmios
 :: Comissão
 :: Contato
 :: Parceiros ::::::::::::::::
 :: Estruturais
 :: LIGA
 :: UESP
 :: Academia do Samba
 :: Rota do Samba
 :: SASP Facebook
 :: SASP Orkut
SASP
 
:
Facebook
 
:
Twitter
 
:
Site preferencial para IE
 
:
Site acessivel para Chrome
 
:

 

buy low cost software
BANNER 468X60
::.. SINOPSE DO ENREDO ..::
G.R.C.S.E.S. ACADÊMICOS DO TUCURUVI - CARNAVAL 2005
Enredo: Samba, Sombra e Água Fresca - Cantareira, o Pulmão Verde de São Paulo

Carnavalesco
Carnavalesco: Marco Aurélio Ruffin

 

A ação predatória e destruidora do homem na Serra da Cantareira não teve limites. Dizimou os índios, donos da terra. Promoveu a devastação em nome do Rei Café ou melhor Rei Ganância – o dito ouro verde responsável pela ação do machado e pelo crime das queimadas.

 

A Cantareira foi em parte devastada para dar lugar à cultura cafeeira, e até o fim do século XIX era uma região de fazendas de café.

 

......É “a força da grana que constrói e destrói coisas belas”.

Ó verde que te quero verde!

A natureza te valeu!

 

A partir de 1890, o governo do Estado de São Paulo iniciou a desapropriação das fazendas para recuperar a floresta e garantir o fornecimento de água para a Capital. E para a proteção dos mananciais, criou uma reserva florestal. Estava lançada a gênese da preservação!

 

O nome Cantareira, foi herança dada pelos tropeiros, por causa da grande quantidade de nascentes e córregos encontrados na região. Naquela época era costume armazenar água em jarros chamados cântaros, e chama-se “Cantareira” as prateleiras onde os cântaros eram guardados.

 

Em 1893, é criado o Parque da Cantareira, com bosques, lugares para piqueniques  e suntuosos jardins, recebia pessoas sempre elegantemente vestidas. O acesso ao Parque só foi facilitado com a inauguração da Tramway da Cantareira, por onde corria o famoso “Trenzinho da Cantareira”.

 

Maior floresta nativa do mundo o Parque é uma profusão de vida na Mata Atlântica. As matas viçosas e verdejantes, vigorosas e de crescimento desordenado é o pulmão da nossa cidade. Caminham por lá a fauna em sua plenitude – a suçuarana, o gato do mato, o lagarto teiú, o macaco bugio símbolo do Parque e tantos outros que têm na Cantareira a esperança de preservação das suas espécies.

 

Os pássaros, a orquestra da floresta , também são avistados com facilidade. Ao todo, são 214 espécie de aves catalogadas até agora. Periquitos, tucanos do bico verde são os mais comuns, mas também podem se avistar falcões, macucos, garças, gaviões e até os temidos carcarás. Borboletas de todas as cores e tamanhos possíveis tornam as trilhas ainda mais bonitas; além delas a Mata Atlântica têm mais de um milhão de espécie de insetos. Vida sempre vida, berço e celeiro da mais vasta biodiversidade.

 

No pé da Serra fica o Horto Botânico, que nasceu sob o olhar do naturalista sueco Alberto Löfgren e que tinha como objetivo estudar as essências florais brasileiras e as madeiras de São Paulo. De lá pra cá ganhou novo nome Horto Florestal – Parque Estadual Alberto Löfgren, um dos poucos lugares públicos da cidade que é fonte de lazer, práticas de esporte, ciclismo, pipas no ar. Um lugar perfeito para o homem contemplar a natureza e inspirar a paz.

 

O Parque Estadual da Cantareira, “Patrimônio da Humanidade”,faz parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo e é justamente em sua porta de entrada, bem ao lado do Horto Florestal, que fica a nossa querida Acadêmicos do Tucuruvi, berço do samba da mais pura qualidade; e como diz nosso samba exaltação “.....sentindo o puro ar da Cantareira, lá no meu Tucuruvi, meu povo é feliz...”. E fazer um passeio por aquelas bandas é conhecer uma área de preservação ecológica que têm na água o seu maior fator de equilíbrio natural.

 

O Parque também é um convite ao ecoturismo, existem vários lugares a serem percorridos, o Lago das Carpas, o Mirante da Pedra Grande, o Museu do Parque. Caminhando é possível maravilhar-se com lagos, cascatas e cachoeiras.

 

As fontes de águas que brotam de suas terras se ramificam por toda mata originando riachos e rios, que formarão em conjunto com outros rios o núcleo de Abastecimento da Companhia Cantareira de Água e Esgotos.

 

Em novos tempos e com o crescimento da cidade, a Companhia Cantareira de Água e Esgotos reorganizou o sistema de abastecimento de água e criou o maior complexo de abastecimento de São Paulo, o famoso Sistema Cantareira de Abastecimento.

 

É a Cantareira prestando mais um serviço valioso ao homem: Suas águas claras e cristalinas para saciar a sede de milhões de paulistanos............, mas lembre-se preservar é preciso, fazer o uso racional da água e economizar também!!!

 


HISTÓRIA ::..::DADOS ::..:: CARNAVAIS ::..:: HINO ::..:: CURIOSIDADES
 
 
 

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::

WWW.SASP.COM.BR | WWW.SANTOS.SASP.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!


Copyright ©2000-2013 | Todos os Direitos Reservados